Relatório X 10/06/2014 (IV Pilares)

Aula X

Técnica:

Aquarela

Material:

Canson A4, Pincéis chatos macios no. 18, tintas (3 cores primárias), base impermeável, potes para água, bandeja para mergulhar papel, esponjas, potes para diluição da tinta, panos.

Participantes:

Gabriela, 13 (Henrique esteve ausente)

Recursos Humanos:

Deriana Miranda – professora

Tema:

Mitologia Nórdica – Os Presentes de Loki para os Deuses

Caminho:

Passo I

Lembramos da história de Kvasir e contou-se a história de como Loki conseguiu os seis presentes para os deuses.

Passo II

Primeiro pintamos a roda das cores sobre as quais surgiram os presentes.

Passo III

Distribuíram-se as pinturas para que fossem levadas para casa por cada um dos participantes.

Percepção

Gabriela esteve muito livre na ausência dos colegas. A história foi longa e deu oportunidade de muitas reviravoltas e portanto dúvidas por parte dela. Gabriela mostrou curiosidade e necessidade de conhecer detalhes. Também uma disposição viva própria de uma criança mais nova.

Esta é uma menina demasiadamente leve e permeável. Tudo que passa por ela a  atravessa! Ela não tem peso próprio corporal, e embora tenha um olhar levemente melancólico, é salva pela sanguinidade: muda de assunto muito rápido, tudo o que vê passar lhe interessa. Realmente, sem esta disposição, ela sofreria demasiadamente.

Gabriela precisa ser preservada dos estímulos – televisão, computador, açúcar, comidas estimulantes – e passar mais tempo em atividades demoradas – e gostosas, como foi esta experiência com a pintura para ela. É preciso que ela tenha tempo para cultivar mais o que tem dentro de si: um caráter bom, ainda frágil. E uma índole muito boa.

No entanto está sendo muito exigida. Ela tem em sua corporalidade um pedido de ser tomada como uma pessoa mais jovem. E isto seria de grande ajuda para ela, porque os estímulos da idade que ela tem – companhias, escola, etc, a maltratam.

Seria bom para a Gabriela comidas quentes, raízes coloridas – evitar a batata inglesa, comer purê de beterraba, batata doce, cenoura, de preferência cozidos, procurar pães sem glúten para melhor digestão e investir na vitalidade fortalecendo o fígado com chás de boldo ou pequenas doses de Olina antes de dormir.

Ritmo de sono e alimentação, ritmos semanais rotineiros, muitas horas de sono vão recolocá-la em ordem na família e na escola.

Na minha opinião, tirá-la da pintura seria muito prejudicial, uma  vez que parece ser o único momento em que ela se dedica a imaginação e produção livre, e sem nenhuma exigência.

Encerramento para retorno somente em julho.