Trabalho com e sem brinquedos

5 maio 2013, Comentários 0

Francis William Edmonds The WindmillImpressionante a quantidade de trabalho que se apresenta para o nosso Liceu.

A agenda dos cursos da semana está fixa e as aulas serão de segunda à sexta, trabalhos manuais todos os dias, professores diferentes, todos empolgados. Na verdade o que é mais legal do começo é que tudo é surpreendente. Os alunos que vem, qual sala vamos usar, qual o objetivo. Bom, o objetivo do Liceu, todo ele, é desenvolvimento, seja ele da comunidade, seja ele individual.

Queremos elevar o conhecimento da própria colônia, não sabemos se isso é propriamente um ato altruísta, adoramos o lugar e queremos adorar cada vez mais. Parece algo altruísta, mas é como tirar o lixo da frente de casa, a satisfação com a gente mesmo se torna maior. A auto-estima cresce, o respeito por quem está próximo aumenta, o reconhecimento do outro por nós também.

Nessa semana que passou foi traçada a agenda do que faremos nessa e já sabemos que lá dentro da sede teremos de ter expostas as pimentas em conserva da Dona Amélia, os biscoitos amanteigados da Dona Maribel e também pacotes com macarrão típico da colônia feito pela Maristela da família Colatusso. Estamos felizes e orgulhosos de quanta riqueza a colônia já apresenta e já estamos pensando que será ótimo mesmo ter verduras e legumes plantados pela Chácara Flor e Ser, o quanto antes pois senão a nossa dieta diária ficará comprometida.

O que vai ser bem bacana fazer surgir essa semana serão os brinquedos, de madeira e também de tecido, pintados, costurados, brinquedos bem vivos. Só imaginar como serão feitos já é divertido, ver os materiais e modificá-los será tão gratificante quanto brincar quando estiverem prontos.

Que a semana venha então com tudo, porque sabemos que nossas mãos trabalhando estarão aquecidas e esse calor será passado com nossa alegria.

 

Regiana Miranda

Professora de artes e trabalhos manuais e co-fundadora do Liceu Rudolf Steiner de educação para a autonomia de crianças, adolescentes, adultos e idosos. Regiana acredita no amor como fonte transformadora da vida e inspira pessoas a se tornarem mais conscientes do seu próprio amor para viverem mais felizes e de forma mais autêntica.