O coração é o motivo do movimento das mãos

10 fevereiro 2013, Comentários 1

images

As mãos só se movem para tricotar quando movidas pelo amor, que o ser sente pelo bebê que vai nascer, pelo namorado; o cuque da vovó, ou o empadão da tia são inesquecíveis porque estão carregados de amor na feitura; o abraço que carregamos para depois do adeus está cheio de amor que nos preenche, cada ato que fazemos com as mãos pode transmitir amor.

O mesmo se dá para as teses que não se mexem, as mãos não sentem mais amor pelo assunto elas não tem motivação que vem do coração. A louça parada na pia, está sendo mesmo ignorada, a louça fica suja, a pia fica cheia, a cozinha desarrumada, a casa desajeitada, porque falta motivação, falta amor.

Os namoros que acabam, um espera tanto do outro e os abraços escasseiam, os cartões minguam, os presentes antigos em vez de lembrados envelhecem, os beijos viram bicotas rápidas, as ligações telefônicas tornam-se monólogos e justificativas.

Antes do namoro tudo é motivação, tomar um banho longo, passar perfume, caminhar longamente até o ponto de ônibus, chegar na chuva, ser recebido com um abraço, um abraço contente do outro, um enorme sorriso de satisfação seu, mas houve amor ao acontecido, houve motivação.

Lá na casa da namorada o café está posto e tem bolo feito pelas mãos, a casa está confortável, organizada, porque muita motivação estava ali, o trabalho da faculdade foi acabado para ter mais tempo para o outro, e esse amor é mesmo inesquecível porque era intenso.

Ficar acordado até altas horas antes de mais um dia de trabalho, o cansaço não chega, há o preenchimento uma vibração positiva, é o amor fisicamente sendo sentido, não há gripe que o derrube, o contar das novidades pode ser incessante assim como ficar em silêncio recebendo cafuné no colo é eterno.

O amor é tão motivador e quando você vê uma crocheteira, não pense que sem amor seus paninhos de prato são vendidos na feirinha, a cor que ela escolheu para o fio, a estampa, o desenho do seu trabalho faz com ela esteja efetivamente vendendo o que adora.

As senhoras que vendem quentinhas não tiveram a grande idéia de vender marmitas porque estudaram como empreender, elas gostavam mesmo de cozinhar e sentiam que podiam fazer mais, elas tinha amor pela cozinha, elas tem motivação, por isso elas tem clientela, porque o tempero agrada e seduz amorosamente.

Os pedreiros que fazem as casas, sobem paredes, paredes com muitos tijolos um sobre o outro levantados sob o sol, esses tem motivação, tem filhos amados para cuidar, tem esposa para encontrar.

Não existe depressão onde dá para sentir mais amor, assim como o coração pode mover as mãos com motivação, as mãos quando começam a trabalhar movem o coração e motivam o próprio ser e seu ambiente. O espaço brilha, a energia move, o amor se espalha e se multiplica.

Sempre gosto de ouvir histórias em que as pessoas dizem que foram curadas depois da cirurgia e um milagre aconteceu! não tem mais tumor ou qualquer coisa ruim, mas quem ficou anos fazendo faculdade de medicina, quem estava lá, com as mãos no bisturi e na costura, teve amor ao estudo, ao trabalho, teve amor a própria profissão.

Alunos que não estudam não tem motivação, não sentem amor, namoros entediados estão sem amor, comunidades cheias de lixo estão sem nem uma motivação, sem mãos que trabalhem, sem amor.

Adoro ver as orquestras das comunidades, daonde saiu aquilo? Não existia cultura, nem higiene, nem respeito, podem dizer que foi patrocínio de não sei que empresa, mas a verdade é que o que transformou e fez professores irem até lá, alunos estudarem e treinarem, espaços surgirem só do amor de uns seres humanos aos outros, que foi parar no coração, que fizeram mãos trabalharem.

Outro dia li num muro recém pintado depois de uma pichação, MAIS AMOR POR FAVOR, puxa, mais amor ia transformar rapidinho o mundo. Viver se tornaria cada vez mais motivante.

Aqui, o verso que fiz para meus alunos despertarem e espantarem a preguiça, essa praga mundial que deixa pessoas paradas se distraindo na frente da televisão ou computador, preguiça, que traz inércia no mundo, leia isso e vá embora:

O coração é o motivo

do movimento das mãos

movimento motor

movimento motivador…..contínuo

Regiana Miranda

Professora de artes e trabalhos manuais e co-fundadora do Liceu Rudolf Steiner de educação para a autonomia de crianças, adolescentes, adultos e idosos. Regiana acredita no amor como fonte transformadora da vida e inspira pessoas a se tornarem mais conscientes do seu próprio amor para viverem mais felizes e de forma mais autêntica.

  • Ana Maria Miranda

    Conta-se que uma família, ao perder tudo que tinha, foi morar em uma favela. A mãe, zelosa dona de casa começou a arrumar tudo, colocando em ordem o pouco que restara. Iniciou também um jardim na frente da casa. No dia seguinte estava tudo arrancado. Ela plantou de novo, e de novo, até que uma vizinha lhe disse que não adiantava, iam arrancar outra vez. Então ela ofereceu algumas mudas para ela, e começaram um processo de amor e doação que contaminou toda a comunidade