Agende o seu Milagre

17 setembro 2013, Comentários 0

Ophelia_1894São tarefas suas para esta vida carregar peso, fazer bolhas no pé, bater em portas que não se abrem e só para saber bem o que é frustração. Você vai bater com o martelo no dedo, deixar queimar o bolo, riscar a pintura perfeita. Você vai deixar escapar um segredo, mentir para não poder mais redimir com a verdade, chorar um ‘não’ recebido. Faz parte de virar gente.

Depois você vai furar o dedo com a agulha, rasgar o papel com a borracha, deletar o trabalho pronto, cortar o dedo com a faca. Você vai torcer o pé, vai ralar o joelho, fazer xixi na calça, enfiar o formão no polegar bem fundo. Você vai morder a bochecha, vai deixar de fazer o que prometeu e carregar culpa, e tudo isto vai te torturar por muito tempo até que você descubra o motivo pelo qual isto aconteceu.

A vida é uma corrente de agendamentos, de cumprimentos de encontros que você precisava ter para construir seu pacote, para fechar quem você é ou deve ser. A gente precisa passar pelo peso e pela dor em si mesmo, e também, precisa passar pelo peso e pela dor dos outros. A gente precisa se descobrir igual aos outros nas perdas e nas mutilações, a gente precisa se reconhecer humano, mais um e único entre todos mais. Precisamos nos descobrir completos e especiais dentre inúmeros seres especiais e completos que são os seres humanos.

Mas vai levar tempo. Você talvez se castigue com uma doença – a doença que vai te abrir uma porta para descobrir a saída, as respostas. Você não vai morrer do que morreu o seu pai e seu avô. Você não vai ter câncer de mama, você não vai ser atropelado. A vida é cheia de possibilidades de ensinamentos e a gente vive vidas múltiplas. Cumpre muitos destinos, resolve várias pendências. Olhe para a sua vida de agora. Qual é o grande problema que te aflige?

Agende para a resolução: a cura completa, a transformação. Tudo o que você decidiu ser até agora foi um investimento, todas as tuas decisões estão interligadas: mude uma e você estará abalando todo o seu ecossistema. Tudo o que você é está nas suas mãos, debaixo da sua criação. Morra hoje e nasça outro amanhã.

Deriana Miranda

Professora há 27 anos, 13 como professora Waldorf, Deriana Miranda é licenciada em Educação Artística Artes Plásticas - FAP, Licenciada e Bacharel em Letras Português/Inglês – UFPR e Especialista em Meio Ambiente, Educação e Desenvolvimento – UFPR. Cursou o Seminário de Pedagogia Waldorf - FEWB, frequentou o Curso Livre de Ciências Naturais e Humanas: Pesquisa e desenvolvimento da Epistemologia e Prática da Pedagogia Waldorf – FEWB, e é co-fundadora do Liceu Rudolf Steiner – empreendimento social fundamentado na Pedagogia Waldorf e do Jardim Limão Rosa, uma iniciativa Waldorf, no qual é atualmente professora.